Atenção!A página impressa é diferente da página exibida na tela do computador.
Feito!
Erro!
Texto compartilhe nas redes sociais 2.PNG

Freios ABS e Airbag obrigatorios de fabrica a partir de 2014

Voltar ↖Seguir ↘
« Última» PrimeiraPublicação:
ImprimirReportar erroTags:ilustrativas, alternar, sozinho, mede, inércia, derrapando, segue e travadas978 palavras14 min. para ler
Freios ABS e Airbag obrigatorios de fabrica a partir de 2014
Clique para ampliar
A partir de 2014, todos os carros que saírem das fábricas no Brasil deverão conter esses dois itens de segurança de série. Tire suas dúvidas sobre o assunto.
                Está cada vez mais próxima a data limite para que todos os veículos no Brasil tenham itens de segurança reforçados de série. Segundo as resoluções 311 e 312 do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), de 2009, todos os veículos novos saídos de fábrica a partir de 2014, nacionais e importados, deverão ter freios ABS e airbags frontais. Desde 2010, as montadoras vêm se adequando progressivamente à medida, mas, em 2014, 100% da nova frota deverá conter os itens obrigatoriamente.
                De acordo com as resoluções do Contran, veículos que transportem passageiros ou cargas, incluindo os reboques, deverão ter os sistemas de segurança. Mas, mais importante do que oferecer os itens, é ensinar os motoristas a usá-los. Mesmo assim, de acordo com o Denatran (Departamento Nacional de Trânsito), não existe nenhum projeto de conscientização sobre o uso correto dos novos equipamentos até o momento.

E agora? Mais do que dar dicas de especialistas sobre os novos itens de segurança obrigatórios, o Pense Carros vai responder algumas perguntas que você deve estar se fazendo em casa. Então confere abaixo informações úteis para quem vai usar os equipamentos ou não.


O que o airbag proporciona na prática?
O airbag é capaz de evitar danos em caso de choques para os ocupantes do veículo, já que ele infla uma bolsa de ar que “ampara“ a pessoa no caso de uma batida. Porém um cuidado é essencial, segundo Alessandro Rubio, analista técnico do Cesvi Brasil (Centro de Experimentação e Segurança Viária): o uso do cinto de segurança. “No Brasil, o airbag é projetado para o uso com o cinto, que é obrigatório no país. Nos Estados Unidos, por exemplo, o equipamento é diferente, pois o uso do cinto não é uma obrigação“, explica.
 
E o que acontece se o airbag for acionado e o ocupante estiver sem cinto?
O acionamento do airbag é feito de forma muito rápida para que, no caso de um choque, dê tempo de inflar e suportar o impacto do corpo já quando estiver esvaziando. “A velocidade da bolsa infla a quase 300 km/h, em até 40 milissegundos, dependendo da velocidade do veículo“, diz Alessandro. O uso do cinto é importante para que o impacto com a bolsa aconteça no momento correto, o que evita lesões e sufocamento.


Existe algum jeito certo de usar o airbag?
Além do uso com cinto de segurança, é muito importante seguir a legislação que diz que somente podem sentar no banco de frente crianças com mais de 10 anos. Segundo o especialista do Cesvi Brasil, o condutor deve estar a uma distância de aproximadamente 25 cm do volante e o passageiro, a 45 cm, no mínimo. “Outra informação essencial é que o passageiro não ande com os pés no painel, pois assim o dano pode ser ainda pior“, diz Alessandro.


E como funcionam os freios ABS?
A principal função do ABS (Antilock Braking System ou Sistema Antitravamento de Frenagem) é evitar que o carro pare bruscamente. Nos carros sem ABS, o condutor tem que alternar a força com que pisa no freio, se não, o carro em alta velocidade tem as rodas travadas, mas segue derrapando por conta da inércia. Com ABS o carro mede sozinho a força aplicada nas rodas e a controla. É como se o carro pisasse e soltasse o freio por conta própria. Segundo o especialista do Cesvi Brasil, Alessandro Rubio, o ABS proporciona uma redução da distância de frenagem de até 20% com relação a um carro sem o ABS, dependendo das condições do piso.
 
Mas a trepidação do carro quando se pisa no freio assusta e aí a pessoa tira o pé...
É exatamente o contrário que tem que ser feito. O certo é pisar fundo numa situação de risco, pois o carro só vai controlar a força enquanto o pedal estiver pressionado. Além disso, a grande vantagem do ABS é a possibilidade de desvio do obstáculo mesmo com o freio pressionado, pois não há perda do controle do veículo. “Nos carros sem ABS, quando o freio é pressionado o carro não obedece às alterações de direção feitas pelo motorista. Com o ABS isso não ocorre, o que torna o carro mais seguro“, explica Alessandro Rubio.

Nas concessionárias, alguns dos modelos 2014 à venda ainda não tem esses itens. O que devo fazer?
Nada. É que a determinação do Contran é só para carros que saírem das lojas em 2014, não para os modelos 2014.


E se eu já tenho um carro que não tem os itens, tenho que instalar? E quanto custa a instalação?
Não precisa instalar. “Tecnicamente, até é possível fazer a inclusão dos equipamentos num carro em que tenha uma versão com os itens [como opcionais]. Mas economicamente isso é inviável“, explica Francisco Oliveira, gerente de pós-venda da Ford Copagra de Porto Alegre. Num carro de R$ 40 mil, por exemplo, colocar airbag e freios ABS pode custar R$ 25 mil. O valor é alto porque inúmeras peças tem que ser trocadas. A melhor opção, nessas condições, é comprar um que já contenha os itens de fábrica.[/como opcionais]
 
Quanto, em média, vai aumentar no custo dos carros com a nova determinação?


Quem vai a uma concessionária hoje já pode comparar o valor de um veículo com freios ABS e airbag e um sem os itens. A lógica para 2014 é a mesma, já que a maioria dos modelos oferece pacotes que incluem esses equipamentos de segurança. “Hoje se tem pacotes com os itens a partir de R$ 3 mil“, diz Francisco, mas o valor depende da marca. É importante frisar que juntamente com esses sistemas estão incluídos mais alguns nos pacotes, como assistência de partida em rampa e controle de tração e estabilidade. Na hora de escolher, o condutor deve avaliar o que mais está incluído no pacote de segurança.


Fonte: Pense Carros
Imagem Apenas Ilustrativas

Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it
 
Texto compartilhar.PNG