A partir do dia 11 de janeiro, o cidadão que for fazer a primeira via da carteira de identidade (RG) ou a renovação da mesma, irá receber um novo modelo de documento.

Mas o que muda no novo documento?
O número do CPF será o único número de identificação, uma forma de reduzir golpes e evitar fraudes.

Além disso, um QR Code permite verificar a autenticidade e saber se o documento foi furtado ou extraviado. A carteira será impressa sem a designação de “sexo” ou diferenças entre “nome social” e “nome”. A medida visa maior inclusão de pessoas LGBTQIA+.

Na versão digital, é possível incluir outros documentos, como carteira nacional de habilitação, título de eleitor, certificado militar e carteira profissional.

Ao receber o documento impresso, as pessoas podem acessar o aplicativo do governo federal (GOV.BR) e emitir a CIN em formato digital. O processo é similar ao que já ocorre com a CNH.

Mas a troca de identidade é obrigatória?

Sim. Todas as pessoas precisarão emitir a nova carteira, mas não há pressa. O prazo para a realização da troca vai até fevereiro de 2032.

Qual o custo para a emissão da nova identidade?

A primeira via da nova carteira e as renovações são gratuitas, assim como já é feito com outros documentos. Porém, segundo o Ministério da Gestão e da Inovação, para emitir uma segunda via haverá cobrança de um valor, a depender da tabela estabelecida por cada unidade federativa.

Em Trindade do Sul a carteira de identidade, pode ser feita na Prefeitura Municipal das 07h30 às 11h30 e das 13h às 17h.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *